Açoriano Oriental
PS/Açores diz que Orçamento para 2020 garante apoios a escolas, alunos e docentes

A deputada do PS/Açores Renata Botelho valorizou o que diz serem as "boas notícias" que o Orçamento da região para 2020 traz para as escolas, os alunos, os professores e o setor da Educação no geral.

article.title

Foto: PS/A
Autor: Lusa/AO Online

Falando no final de uma visita à escola dos Arrifes, em Ponta Delgada, a parlamentar no hemiciclo açoriano destacou o desígnio do executivo açoriano - do PS - em avançar com obras, no caso da ilha de São Miguel, na escola dos Arrifes, na das Capelas e na escola de Rabo de Peixe.

Referindo-se à escola visitada por uma delegação socialista, a deputada avançou que estão previstas obras no valor de cerca de cinco milhões de euros, para responder a uma reivindicação antiga daquela comunidade escolar.

"Esta escola já há algum tempo que reivindicava e que merecia obras de grande monta. Para o ano, 2020, estão programados cerca de cinco milhões para a escola dos Arrifes, para um projeto que rondará, possivelmente, até segundo dados que recolhemos agora, cerca de 14 milhões de euros no seu investimento global", destacou.

Renata Botelho reagiu também às declarações do PSD, que criticou o desinvestimento do Governo Regional na ação social escolar, classificando-as como falsas.

"Não podemos também deixar de dizer que há uma afirmação recente do PSD, que é falsa, nomeadamente a questão do desinvestimento na ação social escolar. Aquilo que se verifica é que a verba diminuiu em virtude de haver neste momento, para ânimo de todos nós, menos pessoas a precisar", apontou, referindo, também, a "gratuidade dos manuais escolares" como justificação para a diminuição da verba.

A deputada frisou que objetivo do PS é assegurar uma "educação pública, de qualidade, inclusiva", dando o exemplo da contagem integral do tempo de serviço dos professores e do acréscimo em cerca de 50% do valor apoiado pelo Governo Regional para a aquisição de refeições escolares.

"Uma boa notícia que o orçamento nos trouxe, o acréscimo em cerca de 50% do valor que o Governo Regional garante às escolas para apoio na aquisição das refeições escolares e que naturalmente também se traduzirá numa qualidade maior das refeições escolares aos alunos, o que muito nos apraz registar", destacou.

Questionada pelos jornalistas, Renata Botelho comentou ainda as notícias sobre a alegada falta de professores e de pessoal não docente nas escolas açorianas.

"É natural que haja um caminho a fazer também nesse campo, sem dúvida. Também é certo que às vezes os concursos abrem, mas não são preenchidos porque não há professores disponíveis para, por exemplo, pequenos períodos de tempo", afirmou a deputada, considerando que a situação se torna um "constrangimento para o sistema", mas frisando que o PS tem a garantia de que "o sistema está funcional".

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.