Açoriano Oriental
Provedor da Santa Casa com projetos para “um novo ciclo”

Depois de terceiro mandato marcado por investigações judiciais, José Francisco Silva, reeleito em dezembro, volta a assumir o cargo para dar continuidade a projetos que acredita que vão abrir novo ciclo na Santa Casa de Ponta Delgada

article.title

Foto: Eduardo Resendes
Autor: Paula Gouveia

José Francisco Silva tomou posse ontem como Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada (SCMPD), cargo que ocupa desde 2009, depois de um último mandato marcado por notícias de investigações judiciais, envolvendo a sua gestão e os serviços prestados pela instituição.

No discurso que proferiu na cerimónia de tomada de posse dos órgãos sociais da Santa Casa, José Francisco Silva admitiu que chegou a ponderar não se recandidatar às eleições de dezembro. Com “ espírito de missão cumprida”, tendo em conta a “avultada, diversificada e eficaz obra realizada pela equipa cessante” em três mandatos, José Francisco Silva disse entender “que o exercício de funções de direção na liderança das instituições deve ser limitado porque tal poderá facilitar a renovação de ideias, de energias e a abertura de novos ciclos”.


Ler mais na edição desta quarta-feira, 22 janeiro 2020, do jornal Açoriano Oriental


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.