Acidente em Nordeste

Protecção Civil alarga buscas para encontrar menina desaparecida

Protecção Civil alarga buscas para encontrar menina desaparecida

 

Lusa / AO online   Regional   2 de Mar de 2010, 12:07

As buscas para encontrar a criança desaparecida na segunda-feira na sequência do acidente com um autocarro no Nordeste, S. Miguel, foram esta terça-feira alargadas ao leito da ribeira localizada nas imediações da ravina onde caiu o veículo.
A decisão foi revelada à Lusa por Rodrigo Mira, do Serviço Regional de Protecção Civil, acrescentando que também foram reforçados ao longo da manhã os meios envolvidos nesta operação, ascendendo agora a cerca de uma centena de elementos dos bombeiros, polícia e serviços do governo regional e Câmara de Nordeste.

"Importa explorar todos os cenários", afirmou Rodrigo Mira, admitindo a possibilidade de a criança de 10 anos ter sido arrastada pela lama para o curso da Ribeira das Mulheres, que passa a cerca de 30 metros do local onde se encontram os destroços do autocarro.

O veículo foi arrastado por uma enxurrada quando circulava nas imediações da freguesia de Algarvia, no concelho de Nordeste, tendo caído numa ravina com várias dezenas de metros de profundidade.

Deste acidente resultaram duas crianças feridas e um morto, o condutor do autocarro, cujo corpo foi encontrado junto aos destroços poucas horas depois.

Permanece desaparecida uma criança de 10 anos, irmã gémea de um dos feridos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.