Proposta conjunta do PS e do PSD sobre "chip" aprovada


 

Lusa / AO online   Nacional   2 de Jul de 2010, 18:20

A comissão parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Comunicações aprovou esta sexta-feira uma proposta conjunta do PS e do PSD sobre o “chip” de matrícula, que determina o fim da obrigatoriedade do dispositivo.
A proposta de substituição, subscrita conjuntamente pelo PS e pelo PSD, foi aprovada com os votos favoráveis do PS e do PSD e os votos contra dos restantes partidos.

No documento, que resulta de um consenso alcançado entre os dois partidos na quinta-feira, pode ler-se que “a instalação do dispositivo electrónico de matrícula nos veículos automóveis e seus reboques, motociclos e triciclos autorizados a circular em auto-estradas ou vias equiparadas é facultativa e depende da adesão voluntária do respectivo proprietário”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.