Projeto ‘Todos Juntos Podemos Ler - Açores’ chega a mais de 200 alunos de São Miguel e Terceira


 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   29 de Out de 2018, 17:03

A Direção Regional de Educação (DRE) e a Fundação PT vão assinar, na próxima sexta-feira, dia 2 de novembro, na Escola Básica Integrada da Maia, em São Miguel, o terceiro aditamento à Carta de Compromisso do protocolo no âmbito do projeto "Todos Juntos Podemos Ler", da Rede Regional de Biblioteca Escolares.


A Carta de Compromisso assinada entre a DRE e a Fundação PT, em setembro de 2015, tem permitido dotar as bibliotecas escolares de doze unidades orgânicas dos Açores de software e equipamentos que não só facilitam a comunicação como permitem a construção de recursos inclusivos que proporcionam reais oportunidades de leitura acessível a todos os alunos.


De acordo com nota do executivo, "Todos Juntos Podemos Ler - Açores" chegará, neste quarto ano consecutivo de vigência, a 209 alunos das escolas básicas integradas Roberto Ivens, Ribeira Grande, Capelas, Arrifes, Água de Pau, Rabo de Peixe e da Maia, e das secundárias da Povoação, Nordeste e de Laranjeiras, em São Miguel, e da básica integrada da Praia da Vitória e secundária Tomás de Borba, na Terceira.


Este projeto, que tem como principal objetivo de proporcionar oportunidades de leitura para todos os alunos através da criação de bibliotecas escolares inclusivas, procura assegurar as reais oportunidades de leitura para todos os alunos, assumindo-se como espaço de excelência para o desenvolvimento das literacias da leitura, dos média e da informação e como garante da igualdade de oportunidades, quer em contexto sociocultural quer em situação de aprendizagem.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.