Açoriano Oriental
Prisão domicilária para suspeito de tráfico de droga a partir de casa na Ribeira Grande

Um homem ficou em prisão domiciliária e outro suspeito ficou sujeito a apresentações periódicas por estarem "fortemente indiciados" de tráfico de droga tendo como "centro de operações" uma residência na Ribeirinha, na Ribeira Grande, foi hoje revelado.

Prisão domicilária para suspeito de tráfico de droga a partir de casa na Ribeira Grande

Autor: Lusa


De acordo com o Comando Regional da Polícia de Segurança Pública (PSP) dos Açores, os dois homens, com 47 e 19 anos, foram detidos após uma investigação policial permitir "comprovar o relato de várias denúncias anónimas que apontavam um suposto cenário de tráfico de droga com centro de operações numa residência localizada na freguesia da Ribeirinha", na ilha de São Miguel.

Os investigadores da PSP recolheram indícios significativos de que vários toxicodependentes se deslocavam sistematicamente à residência dos arguidos.

As provas obtidas "vieram fortalecer as suspeitas existentes quanto à prática de crime por parte dos dois suspeitos", adianta a PSP, em comunicado de imprensa.

Foi realizada uma busca domiciliária à resistência, tendo sido possível "surpreender os arguidos na posse de substâncias ilícitas e outros objetos relacionados com o crime sob investigação, nomeadamente quantias monetárias".

Foram também apreendidas 40 doses de droga sintética, uma balança de precisão e "quantidades diminutas de haxixe e liamba em condições de serem transacionadas junto de consumidores".

Após terem sido presentes a interrogatório judicial em Ponta Delgada, um dos suspeitos ficou sujeito a apresentações periódicas obrigatórias perante as autoridades e o outro arguido em prisão domiciliária, já que tinha sido condenado recentemente "a uma pena de prisão suspensa também pela prática de um crime de tráfico de droga", refere a nota.

A PSP destaca "a intervenção articulada entre autoridades judiciárias e policiais que veio a permitir debelar mais um foco de insegurança".

A situação, sublinha, estava "a causar notória desestabilização junto da comunidade residente na freguesia de pequena dimensão.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados