Presidente destaca "pretérito inspirador e futuro promissor" da freguesia de Livramento

Presidente destaca "pretérito inspirador e futuro promissor" da freguesia de Livramento

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   12 de Dez de 2018, 15:53

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada destacou, terça-feira, o “tempo pretérito inspirador, de sucesso e de progresso” da freguesia de Livramento, que permite “perspetivar que nesta freguesia se viverá com crescente alegria, perspetiva, confiança e capacidade de aumentar os adquiridos”.

José Manuel Bolieiro, que falava na sessão solene de comemoração do Dia da Freguesia de Livramento, homenageou todos os que deram conteúdo aos seus 180 anos de História.


“A todas as gerações que foram capazes de dar conteúdo à freguesia de Livramento como organização própria em termos político-administrativos, com autonomia de decisão e orgulho e identidade de povo”, sustentou o edil, enaltecendo “a capacidade deste povo que sabe defender o seu desenvolvimento, assegurando que as gerações vindouras sejam mais felizes e tenham mais capacidades”, disse citado em nota de imprensa.


O edil deixou, ainda, uma mensagem de apreço pela iniciativa da freguesia em homenagear os atuais membros da comissão de festas do Livramento: Arnaldo Melo Soares, António Pedro Silva, José Manuel Pacheco Cabral, José António Raposo Correia, Carlos Alberto Medeiros Pereira, José Gabriel Martins da Silva e Paulo Soares.


Por seu turno, Manuel António Soares, presidente da Junta de Freguesia, afirmou que o presidente da autarquia “fez da cooperação com todas as juntas um princípio de atuação política”, sendo a Câmara Municipal de Ponta Delgada uma “verdadeira parceira de desenvolvimento”, que atua com base em “regras claras” e para quem as “políticas de coesão territorial sempre foram prioridade”.


Lembrou, a título meramente exemplificativo, o empenho na construção do Pavilhão Multiusos e da Sede da Associação da Aikido dos Açores, obras recentemente inauguradas.


A cerimónia contou com uma conferência proferida por Rolando Lalanda Gonçalves sob o título “Centralidade(s) Periferia(s) – uma reflexão sobre o dever da freguesia no espaço insular”.


O conferencista apontou o turismo como uma “grande oportunidade” para o Livramento, destacando a sua capacidade de atração, que deverá ser trabalhada em rede, finaliza a nota.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.