Açoriano Oriental
Açores/Eleições
PPM reivindica urgente repavimentação da pista do aerodromo Corvo
O cabeça de lista do PPM pelo Corvo, Paulo Estêvão, reivindicou hoje a urgente repavimentação da pista do aeródromo da mais pequena ilha dos Açores, prometendo que se for reeleito vai colocar esta questão de "forma imediata ao Governo regional".
article.title

Foto: Álvaro Miranda
Autor: Lusa/AO Online

 

“Há uma enorme urgência de repavimentação da pista que se encontra já algo degradada (…). As entidades que a fiscalizam consideram que é muito urgente proceder à repavimentação da pista da aerogare do Corvo e nós não queremos ser surpreendidos com algum tipo de dificuldade (…) em relação à continuação dos voos para a ilha do Corvo”, afirmou o candidato à agência Lusa, declarações por telefone.

Paulo Estevão, que hoje visitou a pista do Corvo, defendeu que não podem existir mais atrasos em relação à intervenção, assegurando que no início da próxima legislatura a questão será colocada de imediato ao Governo Regional.

“O Governo Regional é que deve decidir os meios são canalizados para a reabilitação da pista”, sustentou o líder do PPM, para quem as entidades deveriam aproveitar "um conjunto de maquinaria" que está no Corvo e que foi "usada para obras no Porto da Casa".

Desta forma, disse Paulo Estevão, a obra realizar-se-ia dentro de pouco tempo.

O reforço das ligações aéreas com o Corvo é outra das questões suscitadas pelo candidato, alegando que "nesta altura do ano os voos estão cheios e há várias pessoas em lista de espera", afetando "a mobilidade dos residentes e o transporte de carga".

As ligações aéreas para o Corvo são asseguradas pela SATA Air Açores.

A ilha tem "três ligações semanais durante o inverno IATA e cinco ligações no Verão IATA", lembrou o candidato.

"Nós somos a única ilha que não tem ligações diárias durante o verão IATA, já que não existem ligações ao sábado e ao domingo. E há muitos dias em que não é possível visitar o Corvo porque os voos estão completamente cheios", constatou.

Paulo Estêvão disse ainda que a ilha "não está a beneficiar" do aumento dos fluxos turísticos que se verifica no arquipélago.

O candidato, que se congratulou com a entrada em funcionamento do equipamento de rx na aerogare do Corvo, na sequência de "várias intervenções públicas do PPM", reivindicou ainda uma "urgente reestruturação" da companhia aérea açoriana SATA e "a modificação das equipas dirigentes".

"Estive presente na comissão de inquérito à SATA e há uma gestão muito pouco profissional e muito deficitária e queremos que seja feita uma intervenção global na empresa mudando responsáveis", afirmou o candidato, alertando que a equipa da transportadora aérea "falhou e acumulou uma quantidade de prejuízos de tal forma que o Tribunal de Contas declarou uma situação de falência técnica em relação à empresa".

Para a votação de domingo estão inscritos 228.160 eleitores que vão escolher os 57 deputados à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores para os próximos quatro anos.

Treze forças políticas apresentam-se a votos, mas nem todas concorrem nos dez círculos eleitorais. Apenas aos círculos de São Miguel, que elege 20 deputados, e de compensação, que elege cinco, concorrem todas.

Nas últimas eleições regionais de 14 de outubro de 2012, o PS venceu com maioria absoluta e elegeu 31 deputados, seguido de PSD com 20 mandatos e do CDS-PP com três. BE, CDU e PPM elegeram um parlamentar cada.

 

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.