Assembleia Municipal

Povoação revoga plano de reequilíbrio financeiro

Povoação revoga plano de reequilíbrio financeiro

 

Luísa Couto   Regional   11 de Nov de 2009, 17:57

Com nenhum voto contra e apenas seis abstenções foi aprovada, por maioria, a suspensão do processo de reequilíbrio financeiro, situação que já tinha sido proposta na primeira reunião de Câmara pelo novo executivo camarário.
“Retiramos de cima dos ombros de todos os cidadãos do concelho este problema que iria existir com o aumento de todos os impostos e das taxas até ao valor máximo”, revelou o presidente da Câmara Municipal da Povoação (CMP), Carlos Ávila, esta quarta-feira, em declarações à Rádio Açores/TSF.

 Aliás, durante a reunião da Assembleia Municipal, o autarca fez questão de frisar que  “era mais fácil para quem viesse que aceitasse este processo”. “Mas nós não queremos isso. A revogação deste Plano traz-nos mais trabalho e imaginação para encontrar outras soluções”, argumentou.

Quanto à justificação a dar ao Ministério das Finanças perante tal recuo, Carlos Ávila refere que será muito clara: “Não precisamos do vosso aval. Nós vamos gerir a Câmara de outra forma”.


Leia a notícia completa na edição impressa do Açoriano Oriental de Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.