Açoriano Oriental
Português bateu recorde do mundo em kitesurf
O ex-campeão nacional de kitesurf Francisco Lufinha bateu esta quarta-feira o recorde do mundo de distância em kitesurf sem paragens, ao percorrer mais 200 milhas náuticas, entre a Douro Marina, em Gaia, e Sines, na costa alentejana.
Português bateu recorde do mundo em kitesurf

Autor: Lusa/AO online

 

Francisco Lufinha conseguiu bater o recorde anterior ao fim de cerca de 20 horas consecutivas em cima da prancha, segundo disse à agência Lusa fonte da empresa de comunicação que acompanha o percurso do ex-campeão nacional de kitesurf.

O jovem português partiu da Douro Marina, em Gaia, pelas 15:00 de terça-feira, propondo-se atingir a marina de Lagos, no Algarve, na distância de 290 milhas náuticas (uma milha equivale a 1,852 metros), num percurso sem paragens, para bater o anterior recorde do mundo, que estava fixado em 199 milhas náuticas (cerca de 370 quilómetros).

"Lufinha está bem fisicamente, depois de passar a noite em cima da prancha, e deverá chegar à cidade de Lagos durante a tarde", disse a mesma fonte.

Para cumprir o desafio de bater o recorde do mundo de kitesurf, Francisco Lufinha seguiu um programa rigoroso de preparação físico e nutricional ao longo de vários meses.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.