Portugal preside ao Organismo Internacional de Juventude para a Ibero-América


 

Lusa/Ao online   Nacional   18 de Nov de 2018, 19:33

 Portugal e a República Dominicana assumiram a copresidência do Organismo Internacional de Juventude para a Ibero-América (OIJ), a entidade responsável pela implementação do “Pacto de Juventude” que já atribuiu a mais de 80 mil jovens.

O cargo para o qual Portugal foi eleito esta semana para o mandato de 2018 a 2020 será assumido pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, que sublinha a importância do papel do OIJ para a implementação de políticas de juventude a nível global.

No próximo ano, o OIJ pretende avançar com o Plano de Cooperação Digital, o Tratado Internacional sobre os Direitos Humanos das Pessoas Jovens, a implementação do Cartão Jovem Ibero-americano "Yow Pass" e a consolidação da plataforma "Eu posso empreender".

Durante as reuniões, que decorreram entre os dias 13 e 15 de novembro na Guatemala, foram ainda aprovados o roteiro e as linhas de ação do Pacto Juventude 2030.

Foi também feito um balanço do impacto da implementação do Pacto de Juventude para a Ibero-América: São “quase 13 milhões de benefícios para mais de 80.000 jovens na região”.

Em comunicado enviado para a Lusa, o governante salienta que vão assumir “o compromisso de fortalecer os organismos de juventude da Ibero-américa e o empoderamento dos jovens, reiterando o apoio ao trabalho desenvolvido pelo OIJ”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.