Açoriano Oriental
Covid-19
Portugal com mais 82 mortos, novo máximo diário

Portugal regista, esta quarta-feira, mais 82 mortos relacionados com a covid-19, o maior número num só dia desde o início da pandemia, e 4.935 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Portugal com mais 82 mortos, novo máximo diário

Autor: Lusa/AO Online

O boletim da situação epidemiológica da DGS indica que desde o início da pandemia, em março, já morreram 3.103 pessoas com covid-19 e já foram infetadas 192.172, estando ativos 78.716 casos, mais 1.378 do que os registados na terça-feira.

Das 82 mortes contabilizadas nas últimas 24 horas, 44 ocorreram na região Norte, 19 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 17 na região Centro e duas Alentejo.

Segundo os dados da DGS, o número de doentes internados nos hospitais com covid-19 continua a aumentar. Estão internadas em enfermaria mais 43 pessoas, num total de 2.785 e mais nove em unidades de cuidados intensivos, perfazendo 391 doentes.

As autoridades de saúde têm em vigilância 89.107 contactos, menos 956 do que na terça-feira e foram dados como recuperados nas últimas 24 horas mais 3.475 doentes, num total de 110.353 desde o início da pandemia.

A região Norte continua a ser a que regista a maioria dos novos casos: 2.845 nas últimas 24 horas, com um total de 94.057, e soma 1.414 mortos, desde o início da pandemia.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 1.185 novos casos de infeção, contabilizando-se agora 71.936 casos e 1.181 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 743 casos de infeção, contabilizando 17.759 casos no total e 389 mortos.

No Alentejo foram registados mais 44 novas infeções, totalizando 3.685 casos e 71 mortos.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 80 casos de infeção, somando agora 3.638 casos e 31 mortos.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.