Nacionalização do BPN

PGR dá explicações no Parlamento após solicitação do PS

PGR dá explicações no Parlamento após solicitação do PS

 

Lusa/AOonline   Economia   20 de Nov de 2008, 14:53

O PS solicitou esta quinta-feira a presença do procurador Geral da República (PGR), Pinto Monteiro, no Parlamento, para esclarecer o curso das investigações judiciais em relação à gestão do Banco Português de Negócios (BPN).
A posição foi transmitida pelo líder parlamentar socialista, Alberto Martins, que adiantou que Pinto Monteiro já se mostrou disponível para comparecer em breve na Assembleia da República, mais concretamente na Comissão Parlamentar de Finanças e Orçamento.

    "Os factos graves que conduziram à nacionalização do BPN e que lesaram o interesse nacional não podem deixar de ser alvo de uma investigação criminal célere, profunda e consistente, que responsabilize civil e criminalmente os responsáveis por essa situação", declarou o presidente do Grupo Parlamentar do PS.

    Nesse sentido, segundo Alberto Martins, "interessa ao PS a verdade em todas as suas dimensões, que a investigação criminal se faça da forma mais rigorosa".

    "O papel de fiscalização política da Assembleia da República não pode em nenhuma circunstância prejudicar a investigação criminal. Por isso, o PS pede a vinda do procurador Geral da República ao Parlamento com toda a brevidade, para dar conta do processo de investigação criminal", frisou Alberto Martins.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.