Açoriano Oriental
Paulo Moniz defende em Helsínquia atenção reforçada para as Regiões Ultraperiféricas

O deputado do PSD/Açores na Assembleia da República, Paulo Moniz, defendeu, esta terça-feira, "uma atenção reforçada para as Regiões Ultraperiféricas", por parte da União Europeia, "no âmbito das consequências das Alterações Climáticas, e tendo em conta as particularidades dessas mesmas regiões".

article.title

Foto: PSD/Açores
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

O deputado congratulou-se, ainda, pelo acolhimento do ponto sobre as RUP, "um contributo nosso e proposto pela delegação portuguesa, que significa uma alteração aos pontos da reunião que evidencia o comprometimento daquela Conferência com as RUP", disse, citado em comunicado.


O vice-presidente da Comissão de Assuntos Europeus da Assembleia da República integrou a delegação portuguesa à 62ª Reunião Plenária da Conferência das Comissões Parlamentares para os Assuntos da União dos Parlamentos da União Europeia (COSAC), onde chamou a atenção para a recente passagem do Furacão Lorenzo pelos Açores, frisando que as Alterações Climáticas "estão a tornar extremamente incisivos os impactos das tempestades, que têm assolado o Atlântico Norte, onde estão inseridos os Açores, por vezes de forma extrema".


O social democrata destacou a grande importância dos Açores e da Madeira, "como regiões arquipelágicas portuguesas, e no âmbito das Alterações Climáticas, pela forma como estas sempre afetaram as nossas ilhas", considerando que a temática "deve merecer uma atenção particular por parte da União Europeia, num sub-sistema da estrutura de Proteção Civil, já existente, mas que pode melhorar", disse.


Na sua intervenção, Paulo Moniz alertou, também, para a importância da economia circular em regiões como os Açores, "já que constitui uma oportunidade para resolver um problema que nos é muito caro, no caso o desemprego jovem", avançou.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.