Paulo Bento demite-se

Paulo Bento demite-se

 

Lusa/AO Online   Futebol   6 de Nov de 2009, 10:42

Paulo Bento apresentou hoje demissão do cargo de treinador da equipa de futebol do Sporting, na sequência dos maus resultados, anunciou hoje a SAD "leonina" em comunicado.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Sporting informa que Paulo Bento "apresentou nesta data a demissão do cargo de treinador principal da equipa profissional por entender não estarem reunidas as condições para se manter no comando técnico da equipa".

Paulo Bento, de 40 anos, tinha contrato com o Sporting até 2011, depois de ter prolongado o vínculo já esta época, numa das primeiras medidas de José Eduardo Bettencourt, que tinha acabado de ser eleito presidente.

Após nove jornadas na Liga portuguesa de futebol, o Sporting ocupa o sétimo lugar, com 13 pontos, menos 12 do que o líder, o Sporting de Braga.

O comunicado acrescenta que, até outra decisão, a equipa passa a ser orientada pelo treinador Leonel Pontes, estando agendada para as 13:00 uma conferência de imprensa no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

O dia de hoje representa o final de um ciclo de quatro anos à frente da equipa principal, na qual conquistou quatro segundos lugares no campeonato, duas Taças de Portugal (frente a Belenenses e FC Porto) e duas Supertaças (também com o FC Porto), depois de ter sido lançado como treinador pelo ex-presidente do clube, Filipe Soares Franco.

Esta época, que arrancou sob nova direcção liderada por José Eduardo Bettencourt, Paulo Bento teve um mau arranque de temporada, ilustrado sobretudo a partir da quinta jornada, com quatro jogos consecutivos sem ganhar.

A contestação dos adeptos ganhou contornos "violentos" após o empate com o Marítimo (1-1) na nona jornada da Liga, no Estádio de Alvalade, mas a igualdade com o Ventspils, da Letónia, na quinta-feira, precipitou a demissão do técnico, apesar de a equipa em boa posição para se qualificar para os 16 avos-de-final da Liga Europa.

Paulo Bento, 40 anos, é um dos treinadores mais novos da Liga Portuguesa, e assumiu o cargo de técnico leonino ainda muito jovem (em 2005), depois de ter levado os juniores no clube de Alvalade ao título de campeões nacionais da categoria.

O treinador assumiu essas funções após uma época (2004/2005) que culminou com a saída de José Peseiro, depois de os "leões" falharem o título na Liga e perderem a final da Taça UEFA, em pleno Estádio de Alvalade.

Internacional em 35 ocasiões, Paulo Bento foi um médio defensivo que representou o Estrela da Amadora, o Vitória de Guimarães, o Benfica, os espanhóis do Real Oviedo e o Sporting, onde terminou a carreira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.