Açoriano Oriental
Passageiros desembarcados nos Açores em julho superam valores de 2019

Os aeroportos dos Açores registaram em julho 252483 passageiros desembarcados, mais 52,3% do que em junho e um valor superior em 15,1% ao registado em julho de 2019, antes da pandemia da covid-19.

Passageiros desembarcados nos Açores em julho superam valores de 2019

Autor: Lusa/AO Online

De acordo com os indicadores divulgados pelo Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA), durante o mês de julho desembarcaram nos aeroportos da região 252 483 passageiros: 96 324 provenientes do território nacional, 115 404 das ilhas do arquipélago e 40.755 do estrangeiro.

O número de passageiros que chegaram via aérea em julho nos Açores é o mais alto dos últimos cinco anos, uma vez que desembarcaram 165 833 pessoas em 2021, 63 572 em 2020, 219 439 em 2019 e 210 872 em 2019.

“Os valores relativos aos passageiros desembarcados aumentaram em relação aos registados no mesmo mês de 2019 (15,1%), pré-pandemia da covid-19, e 52,3% face a julho de 2021”, indica o SREA.

Em julho, o número de passageiros embarcados ascendeu aos 235 933, que é igualmente o número mais alto dos últimos cinco anos em comparação com o período homólogo (em 2021 embarcaram 149 566 passageiros, em 2020 foram 56 167, em 2019 foram 206 664 e em 2018 foram 197 902).

“À semelhança dos passageiros desembarcados, os valores relativos aos passageiros embarcados [em julho de 2022] apresentam também uma variação positiva face a julho de 2019 (14,2%) e de 57,7% face ao mesmo mês de 2021”, realça o boletim estatístico.

Em julho, verificou-se ainda uma “variação homóloga positiva de 36,5%” dos passageiros embarcados nos voos entre as ilhas açorianas, de 51,4% nos voos do território nacional e de “cerca de quatro vezes mais nos voos internacionais”.

Já em junho, os Açores tinham superado, pelo segundo mês consecutivo, os números de 2019 (pré-pandemia de covid-19) referentes a dormidas em alojamentos turísticos, de acordo SREA.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados