Parlamentos regionais querem “recuperar confiança” na classe política

Parlamentos regionais querem “recuperar confiança” na classe política

 

Lusa/AO Online   Regional   21 de Nov de 2018, 15:29

O secretário-geral do Congresso dos Poderes Locais e Regionais do Conselho Europeu, Andreas Kiefer, defendeu esta quarta-feira que é necessário "recuperar a confiança" nas instituições e na classe política.

"Nós temos de recuperar a confiança nas instituições políticas e ser transparentes, abertos e responsáveis, em resposta aos desafios que enfrentamos", explicou aquele congressista, durante a sessão de abertura da assembleia plenária da, a Conferência das Assembleias Legislativas Regionais Europeias (CALRE), que decorre na cidade da Horta.

Andreas Kiefer recordou que foi recentemente apresentado no Congresso dos Poderes Locais e Regionais um documento com as preocupações em matéria de direitos humanos e do relacionamento entre a classe política e os cidadãos, que considera serem comuns aos parlamentos regionais da Europa.

"As nossas atenções estão centradas na ética e transparência, no código de conduta, no conflito de interesses, no nepotismo, tudo temas para os quais as pessoas estão muito sensibilizadas", exemplificou.

Ana Luís, presidente da Assembleia Regional, e anfitriã desta primeira reunião da CALRE nos Açores, insistiu, no entanto, na necessidade de se continuarem a debater outros dois temas que considera serem também fundamentais: as alterações climáticas e a igualdade de género.

"Em relação às alterações climáticas, assume especial importância a forma como as transformações ambientais interferem com inúmeras áreas da nossa sociedade, e como influenciam a nossa vida e como condicionarão o nosso futuro se nada for feito para impedir a destruição do nosso mundo", alertou a deputada açoriana.

Já Berto Messias, secretário regional adjunto da Presidência, lembrou que a Europa será mais forte, se tiver em conta os problemas e as reivindicações das pequenas regiões ultraperiféricas como os Açores.

"Uma Europa com mais regiões, uma Europa com regiões mais fortes, uma Europa que ouça, de facto, as preocupações das regiões europeias e dos parlamentos regionais será, com certeza, uma Europa mais forte, mais eficiente e mais próxima dos cidadãos", realçou o governante socialista.

Esta Assembleia da CALRE reúne presidentes de dezenas de parlamentos regionais da Europa, em representação das comunidades espanholas, das regiões italianas, dos estados federados alemães e austríacos, dos Açores e da Madeira, e ainda do País de Gales, da Irlanda do Norte, do Reino Unido, da Finlândia e da Bélgica.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.