Açoriano Oriental
Papa e Presidente da RDCongo conversaram sobre conflitos armados e Ébola no país africano

O papa Francisco recebeu o Presidente da República Democrática do Congo, Félix Tshisekedi, abordando o conflito armado e a epidemia de Ébola no leste do país, anunciou hoje o Vaticano em comunicado.

article.title

Foto: EPA/GIUSEPPE LAMI
Autor: Lusa/AO Online

Durante o encontro, os dois homens "abordaram a situação atual do país, com particular atenção para o sofrimento da população nas províncias do leste devido ao persistente conflito armado e à propagação do vírus do Ébola", refere a declaração partilhada no portal do Vaticano.

Segundo o mesmo documento, o líder da Igreja Católica e o Presidente congolês assinalaram "a urgência de uma coordenação e cooperação a nível nacional e internacional para proteger a dignidade humana e promover a convivência civil, começando pelos muitos refugiados e deslocados que enfrentam uma grave crise humanitária".

A RDCongo enfrenta uma epidemia de Ébola declarada oficialmente em agosto de 2018 e que afeta as províncias de Kivu-Norte, Kivu-Sul e Ituri.

Desde o seu início, as autoridades de saúde congolesas contabilizaram 3.409 casos - dos quais 3.291 confirmados em laboratório - e 2.236 mortos - 2.118 confirmados -, de acordo com o mais recente balanço, referente a 15 de janeiro.

As atividades de resposta e combate à doença são interrompidas com regularidade de vido à insegurança resultante da violência armada numa região povoada por vários grupos armados.

Durante a audiência concedida pelo Papa Francisco ao chefe de Estado congolês, foi também assinado um acordo que "estabelece o quadro legal" para as relações entre a RDCongo e o Vaticano, refere o comunicado.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.