Pai de Neymar diz que futebolista está a ser alvo de extorsão

Pai de Neymar diz que futebolista está a ser alvo de extorsão

 

AO Online/ Lusa   Futebol   2 de Jun de 2019, 02:22

O pai e representante do futebolista Neymar disse no sábado que estão a tentar extorquir o seu filho, em reação à acusação de violação de que o jogador do Paris Saint-Germain foi alvo.

Em declarações à estação televisiva Bandeirantes, Neymar da Silva Santos disse que o filho teve relações sexuais com a mulher que o acusa de violação, mas que estas foram consentidas por ambos.

O pai do futebolista diz que alegados representantes da vítima "são pessoas que tentam chantagear" Neymar, dizendo que estão preparados para elas.

"Infelizmente entristece-nos este tipo de situação, mas estamos tranquilos e à espera que a Justiça resolva, porque as acusações não são verdadeiras. Ela vai ter de pagar pelo que está a dizer e a Justiça vai resolver este caso o mais rápido possível", referiu.

O futebolista brasileiro Neymar está a ser acusado de ter violado uma mulher em Paris, de acordo com um documento policial a que a Associated Press teve acesso.

De acordo com o mesmo documento, o icncidente aconteceu em 15 de maio, às 20:20, num hotel da capital francesa, onde Neymar representa o Paris Saint-Germain.

A alegada vítima apresentou queixa na sexta-feira, em São Paulo, com os representantes de Neymar a não terem ainda reagido a estas acusações, apesar de contactados pela AP.

A mulher diz que conheceu Neymar através de mensagens na rede social Instagram e que um representante do jogador lhe comprou os bilhetes de avião e um quarto de hotel em Paris.

Segundo o documento apresentado pela AP, a mulher referiu que Neymar chegou por volta das 20:00, aparentemente bêbado, e que a obrigou a ter relações sexuais.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.