Obama diz que «a mudança chegou à América»

Obama diz que «a mudança chegou à América»

 

Lusa/AO   Internacional   5 de Nov de 2008, 05:21

O Presidente eleito dos EUA, Barack Obama, afirmou esta madrugada, durante o seu discurso de vitória, que "a mudança chegou finalmente à América".
Perante uma plateia com milhares de apoiantes, Obama "garantiu que seria impossível estar hoje onde está sem o apoio da pessoa mais importante da sua vida", a sua mulher Michelle Obama.

    "O senador McCain é um homem corajoso que lutou pelo nosso país e sofreu muito mais do que podemos imaginar em nome dos ideais deste país", afirmou também Obama, sublinhando esperar contar com ele para o ajudar a governar o país.

    Para Obama, a vitória não é "dos Estados azuis nem dos Estados vermelhos, mas sim a vitória dos Estados Unidos da América".

    "Se alguém ainda dúvida que este é o lugar onde todos os sonhos são possíveis, o lugar com que os nossos fundadores sonharam, hoje é a resposta", afirmou Obama.

    Apesar de satisfeito com a vitória, Obama disse ainda que "amanhã será um dia de grandes desafios, entre eles a guerra no Iraque e a crise financeira".

    Obama garantiu que os norte-americanos, enquanto povo, vão conseguir superar a crise.

    "Sempre fui honesto com o povo e continuarei a sê-lo. Terei o maior prazer em reconstruir a América que nasceu há 220 anos", acrescentou.

    Como Lincoln, antigo Presidente dos Estados Unidos, disse uma vez "a amizade é o que nos unirá".

    Obama realça que "mesmo aqueles que não votaram na sua candidatura, serão por ele ouvidos e será também o seu Presidente".

    "Sim nós podemos", lema da campanha de Obama foi exaltado durante o discurso de vitória, para contar a história da evolução das mulheres nos Estados Unidos, nomeadamente as mudanças ocorridas durante quase um século de vida da sua avó, a quem Obama dedica a vitória.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.