Nove milhões de latino-americanos na pobreza


 

Lusa / AO online   Internacional   25 de Nov de 2009, 10:43

A actual crise financeira mundial levará a um aumento de nove milhões de pessoas em situação de pobreza na América Latina em 2009, prevê um relatório divulgado pela Comissão Económica para a América Latina e Caraíbas.
Intitulado Panorama Social da América Latina 2009, o relatório apresentado na última quinta-feira prevê que a pobreza na região aumente 1,1 por cento e a indigência 0,8 por cento em relação a 2008.

Desta forma, as pessoas em situação de pobreza deverão passar de 180 milhões para 189 milhões em 2009 (34,1 por cento da população), o que significa que houve uma mudança na tendência de redução de pobres na região.

Entre 2002 e 2008, 41 milhões de pessoas tinham superado a situação de pobreza, graças a um maior crescimento económico e a uma melhor distribuição de recursos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.