Nove distritos do continente, Açores e Madeira, em alerta laranja


 

Lusa/AO Online   Regional   27 de Dez de 2009, 09:51

Nove distritos do continente, os Açores e a Madeira estão hoje sob aviso laranja devido ao vento forte e à chuva, sendo ainda esperada a queda de neve acima do 800 metros, segundo o Instituto de Meteorologia.

A agitação marítima prevista, com ondas entre os quatro e os 4,5 metros, motivou também um aviso amarelo do Instituto de Meteorologia (IM) para toda a costa portuguesa, permanecendo encerrada a barra do Douro.

O vento forte, com rajadas que podem chegar aos 120 quilómetros por hora, a chuva e a neve são responsáveis pelo aviso laranja, o segundo mais grave numa escala de quatro, nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Coimbra e Castelo Branco.

Nos distritos de Aveiro e Leiria, a previsão de aguaceiros, por vezes persistentes, motiva um aviso amarelo, o segundo menos grave, sendo esperada para o resto do país uma situação meteorológica sem riscos.

Para o dia de hoje, o IM prevê céu pouco nublado, tornando-se gradualmente muito nublado a partir da manhã, com períodos de chuva para o início da tarde, no Minho e Douro Litoral, que se vai estender gradualmente às restantes regiões.

No Norte e Centro, prevê-se queda de neve acima dos 800 metros a partir da tarde.

O vento vai soprar moderado, de sul, a partir da tarde e forte (35 a 45 km/h) no litoral oeste para o final do dia.

Nas terras altas o vento tornar-se-á forte a muito forte (55 a 75 km/h) de sudoeste, com rajadas da ordem dos 120 km/h a partir da tarde.

A temperatura mínima vai descer, em especial nas regiões do interior, sendo possível a formação de geada.

Para o Porto está prevista uma temperatura máxima de 11 graus centígrados, em Lisboa, 15º, e para Faro, 18º.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.