União Europeia

Noite Europeia dos Investigadores vai chegar a 18 localidades portuguesas


 

Lusa/AO Online   Nacional   22 de Set de 2011, 12:23

Dezoito localidades portuguesas vão aderir na sexta-feira à Noite Europeia dos Investigadores, uma iniciativa da Comissão Europeia que, este ano, decorre em mais de 320 cidades da União Europeia (UE), foi divulgado em Bruxelas.
A oferta aos visitantes inclui, em Cracóvia (Polónia), a possibilidade de trabalhar em equipa com cientistas forenses para resolver um mistério policial e na capital cipriota, Nicósia, a experimentação de “nanomateriais” que permitem replicar na vida real a capacidade do Homem-Aranha para escalar paredes verticais.

“A Noite dos Investigadores dá aos cientistas a oportunidade de estabelecerem uma ligação com o público e a este a possibilidade de experienciar o mundo da ciência.

Durante essa noite, qualquer pessoa pode ser um cientista”, disse a comissária europeia da Educação, Cultura, Multilinguismo e Juventude, Androulla Vassiliou.

“Não conheço melhor forma de interessar os jovens na ciência e na possibilidade de uma carreira na investigação”, acrescentou.

O programa português pode ser consultado em https://nei2011.eu/.

A Noite Europeia dos Investigadores é uma iniciativa da UE destinada ao grande público que queira experienciar a ciência de uma forma lúdica.

A UE investiu 16,5 milhões de euros no apoio à Noite Europeia dos Investigadores desde 2005.

Os acontecimentos atraíram 1,5 milhões de visitantes ao longo de cinco anos e chegaram a vários milhões de pessoas através de campanhas de sensibilização.

A UE contribuiu com quatro milhões de euros para a Noite Europeia dos Investigadores 2011, montante semelhante ao do ano passado, que levou 600 mil pessoas a eventos relacionados com a ciência.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.