Açoriano Oriental
Natal
No Canadá, celebra-se Portugal ao juntar a família emigrante

A véspera de Natal, para muitos portugueses emigrados no Canadá, constitui uma oportunidade para juntar a família muitas vezes espalhada por um país-continente, recordando a tradição portuguesa da consoada.

article.title

Foto: SXC
Autor: Lusa/Ao online

Jorge e Isabel Barbosa, de 63 e 60 anos respetivamente, vieram de Viseu e da Nazaré e na segunda-feira vão receber na ceia de Natal mais de 20 familiares e amigos, mantendo viva a tradição de um Natal à portuguesa no Canadá.

"O facto de vivermos em centros em que os portugueses estão em grande quantidade é muito fácil fazer-se o Natal à portuguesa. Temos acesso a todos os condimentos como é o caso do fiel amigo, o bacalhau", disse José Barbosa.

Por isso, o trabalho para a festa é muito semelhante ao que aconteceria em Portugal, pelo que a prioridade "é ter a família reunida".

"Caso uma família esteja reunida num país como o Canadá, o Natal já tem todas as condições e espírito para ser um sucesso. Esquecemo-nos desta forma de que não estamos em Portugal porque temos a família perto", acrescentou.

Isabel Barbosa também se preocupa em educar os mais novos para a importância da tradição portuguesa do Natal, procurando manter a identidade no país de acolhimento.

"As minha filhas e família adoram este Natal. Sinto-me feliz em poder-lhes proporcionar as tradições portuguesas. É importante dar-lhes a conhecer as tradições e preservá-las", frisou Isabel Barbosa.

No país vivem cerca de meio milhão de portugueses e lusodescendentes, com uma forte relação com os Açores e o Minho, dois locais tradicionais de origem dos emigrantes no Canadá.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.