Açoriano Oriental
Município da Horta reafirma importância da prevenção primária das dependências

A Câmara Municipal da Horta e a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Ilha do Faial (APADIF) na passada quarta-feira, assinaram um novo protocolo de cooperação social que garante a continuidade do projeto de prevenção primária “Pinta o Futuro”, ministrado pelos/as técnicos/as da APADIF, em parceria com o município.

article.title

Foto: CMH
Autor: AO Online

O protocolo visa o desenvolvimento de um trabalho em conjunto de combate e prevenção das dependências, junto das escolas de 1.º ciclo do concelho.

Para José Leonardo Silva, Presidente da Câmara Municipal da Horta, “este projeto e a intervenção da APADIF têm sido determinantes na prevenção primária das dependências na ilha do Faial, permitindo que as nossas crianças, cada vez mais cedo, adquiram conhecimentos e competências necessárias para lidarem com o risco, associado ao consumo de substâncias psicoativas e outros comportamentos aditivos e dependências.

O "Pinta o Futuro" é um projeto inserido no Plano Municipal de Prevenção das Dependências que pretende promover ações de sensibilização, prevenção e formação junto da comunidade escolar.



José Leonardo Silva destacou, na ocasião, o trabalho que a APADIF tem vindo a desenvolver, nesta área, ao longo dos últimos anos, bem como noutras valências que tem à sua responsabilidade, considerando-a como parceira fundamental da edilidade, para tornar o concelho da Horta mais justo e inclusivo.



À margem da assinatura do Protocolo, José Leonardo referiu que "temos vindo a desenvolver um trabalho técnico, em parceria com o Instituto Europeu para o Estudo dos Factores de Risco em Crianças e Adolescentes, com a colaboração do Dr. Fernando Mendes, que consiste na realização de questionários, em contexto escolar e à comunidade em geral, para o estudo sobre fatores de risco e proteção das adições, na ilha do Faial. Este trabalho tem como finalidade a atualização do plano municipal para o combate e prevenção das dependências, adaptando os planos de ação/ atividades à realidade espelhada no diagnóstico."

No decorrer do mês de julho, irá realizar-se um workshop na área da prevenção e dissuasão das Dependências, com o objetivo de capacitar técnicos/as,quadros dirigentes e membros de associações que têm como público-alvo crianças e jovens.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.