Mulheres silenciam violência por falta de dinheiro e emprego

Mulheres silenciam violência por falta de dinheiro e emprego

 

Ana Paula Fonseca   Regional   21 de Dez de 2013, 23:00

Mulheres silenciam violência por falta de dinheiro e emprego, é a manchete do Açoriano Oriental. Têm vindo a diminuir as denúncias de mulheres vítimas de violência doméstica. Recorrem ao apoio psicológico mas não formalizam as queixas com medo de ficarem sem forma de sustento. Um retrocesso devido às condições económicas.

Sintap quer frente sindical para repor 35 horas, é outro título de capa, onde dá conta que o Governo regional e câmaras municipais têm 30 dias para rever acordos coletivos de trabalho. Sindicato quer outras estruturas sindicais a lutar pelo mesmo.

Açoriano cumpre sonho de dar volta ao mundo em 80 dias é o grande destaque de foto. Durval Faria visitou 18 países e 39 locais e aventura vai ser agora relatada em livro. Presidente promete combater desemprego é a tónica da mensagem de Natal de Vasco Cordeiro e há menos casamentos homossexuais são outros títulos de primeira página


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.