Alemanha

Mulher mata filho de cinco anos e ex-marido por motivos passionais


 

Lusa/AO online   Internacional   20 de Set de 2010, 11:15

A mulher que matou o filho, de cinco anos, o ex-marido e um enfermeiro no domingo, em Loerrach, sudoeste da Alemanha, agiu por motivos passionais, ao que tudo indica, disse esta segunda-feira a polícia.
A autora do atentado, uma advogada de 41 anos, que feriu ainda três pessoas, incluindo um polícia, acabou também por morrer, num tiroteio com os agentes da autoridade, dentro de um hospital de Loerrach.

Armada com uma pistola automática e com uma faca, a mulher matou primeiro o homem de quem estava separada há oito meses e o filho de cinco anos, provocando depois uma explosão no apartamento, que obrigou à intervenção dos bombeiros, disse à televisão alemã ZDF o procurador público de Loerrach, Dieter Inhofer.

No apartamento, foram encontrados recipientes com material inflamável e a explosão foi tão violenta que arrancou uma parede do prédio de vários andares.

A explosão provocou o pânico entre outros moradores, a escada do prédio encheu-se de fumo e os bombeiros tiveram de salvar seis adultos e uma criança.

Quinze moradores foram assistidos em hospitais locais, por terem ficado intoxicados com o fumo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.