Morreu o músico e investigador Ricardo Camacho


 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Jul de 2018, 10:27

O investigador português Ricardo Camacho, músico da Sétima Legião, morreu esta quarta feira aos 64 anos na Bélgica, em consequência de um cancro no pulmão, disse à agência Lusa o músico Rodrigo Leão.

Nascido na Madeira em 1954, Ricardo Camacho vivia na Bélgica, onde fazia trabalho de investigação no Rega Institute for Medical Research, em Leuven.

Especialista em virologia clínica, Ricardo Camacho era para muitos o teclista da Sétima Legião, grupo formado na década de 1980 e da qual fez parte praticamente desde o início.

"Ele começou como produtor do grupo, era um grande amigo, aprendi muito com ele, no início dos anos 1980, vivemos intensamente todos os concertos. É um bocadinho da Sétima Legião que morre", afirmou o músico.

Não ainda informações sobre o funeral, que deverá acontecer na Bélgica.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.