Açoriano Oriental
Montenegro diz que “propaganda política é o princípio e o fim do Governo” do PS

O presidente do PSD, Luís Montenegro, considerou hoje que “a propaganda política é o princípio e o fim do Governo do Partido Socialista”, que responsabilizou por não ter conseguido resolver os principais problemas do país.

Montenegro diz que “propaganda política é o princípio e o fim do Governo” do PS

Autor: Lusa /AO Online

“O país que eu vou vendo na rua é muito diferente dos títulos dos jornais, às vezes mesmo daquilo que chega a casa por via da propaganda política, que hoje é o princípio e o fim do Governo do Partido Socialista”, afirmou Luís Montenegro, em declarações aos jornalistas.

A declaração do líder social-democrata ocorreu em Paços de Ferreira, onde hoje terminou a iniciativa “Sentir Portugal”, que a liderança nacional do partido realizou no distrito o Porto nos últimos dias.

Em jeito de balanço, Montenegro disse ter ficado com “um sentimento de preocupação e apreensão, porque há muitas matérias que preocupam a vida das pessoas e que o Governo que está em funções há oito anos não consegue resolver, em áreas fundamentais como a saúde, a educação, a agricultura e o apoio às empresas”.

Para o dirigente social-democrata, Portugal é “um país que não tem nada a ver com o país do Dr. António Costa e do Partido Socialista”.

“O país real, o país que todos os portugueses enfrentam, e aqui no distrito do Porto diariamente, não tem nada a ver com aquela pompa com que se fala sobre a economia, sobre o futuro, sobre a realidade. Porque, efetivamente, os últimos anos foram de grande asfixia fiscal, de impostos sempre a bater recordes e, ao mesmo, tempo de um definhamento de todos os serviços públicos essenciais”, criticou.

Montenegro conclui dizendo que o que observou no distrito nos últimos dias “é mais uma demonstração do falhanço desta governação”.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados