Caso "Casa Pia"

Ministério Público considera provados mais de 50 crimes contra Bibi


 

Lusa/AOonline   Nacional   25 de Nov de 2008, 17:34

O Ministério Público considerou para já provados mais de meia centena de crimes dos mais de 600 pelos quais está pronunciado Carlos Silvino, o principal arguido do processo Casa Pia, nas alegações finais que se prolongarão para quarta-feira.
O procurador considerou Carlos Silvino culpado por 21 crimes de abuso sexual de pessoa internada e 32 de abuso sexual.

    João Aibéo cobriu já cerca de 450 dos crimes de que Carlos Silvino é acusado no despacho de pronúncia.

    A juíza presidente do colectivo decidiu prolongar as alegações finais do Ministério Público para quarta-feira, estimando que demorarão ainda entre seis a sete horas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.