Sociedade

Menina de 15 meses retirada aos pais pelo tribunal


 

Lusa / AO online   Nacional   24 de Nov de 2009, 16:46

Uma menina de 15 meses com Síndrome de Turner congénita foi retirada aos pais por decisão do tribunal, semanas depois de ser internada no Hospital S. João, Porto, disse à agência Lusa o advogado do casal.
 De acordo com Nuno da Costa Nata, os pais da criança, brasileiros residentes em Portugal, não foram ouvidos nem pelo Ministério Público nem pelo juiz, que ordenou a colocação da menor num centro de acolhimento pelo período de três meses.

Nuno Nata afirmou que o Ministério Público promoveu o processo "com base em informação truncada" e em "imprecisões" dos relatórios clínicos e sociais, que apontam para alegados maus-tratos por parte do casal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.