Mau tempo

Melhoria do tempo permite saída do Governo do Corvo

Melhoria do tempo permite saída do Governo do Corvo

 

Lusa / AO online   Regional   13 de Nov de 2009, 14:34

Os membros do Governo Regional dos Açores e uma parte da comitiva que participou na visita estatutária ao Corvo partiu esta sexta-feira às 15:20, depois de terem estado retidos quase 24 horas nesta ilha devido ao mau tempo.
 A melhoria das condições meteorológicas permitiu que a SATA Air Açores enviasse um avião ao Corvo, que transportou para a Horta, no Faial, a totalidade dos membros do executivo e uma parte da comitiva.

Os restantes elementos, entre os quais os jornalistas, devem seguir ainda esta tarde também para o Faial, caso as condições meteorológicas favoráveis se mantenham.

A comitiva seguirá depois para Ponta Delgada, onde deverá chegar ao final da tarde.

O Governo Regional dos Açores terminou quinta-feira uma visita à ilha do Corvo, a mais pequena do arquipélago.

O programa previa o regresso a Ponta Delgada ao final da tarde de quinta-feira, mas o agravamento das condições do tempo reteve a comitiva no Corvo durante cerca de 24 horas.

As tecnologias de comunicação permitiram que o executivo regional mantivesse a sua actividade de forma quase normal durante este período.

“Os computadores portáteis com Internet e os telemóveis permitem que se tomem decisões à distância”, salientou à Lusa uma fonte do gabinete do presidente do governo.

Carlos César, que tinha consigo no Corvo o chefe de gabinete, manteve-se “em contacto permanente” com os seus assessores que ficaram em Ponta Delgada.

Segundo a fonte, durante o período em que permaneceu retido no Corvo, Carlos César não teve que resolver nenhum assunto urgente, tendo analisado apenas “questões correntes”.

A comitiva do governo que se deslocou ao Corvo integrava o presidente, o vice-presidente e todos os secretários regionais, além dos directores regionais da Saúde, Cultura e Ambiente.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.