Jogos Olímpicos

Mau tempo leva a cancelamento de provas

Mau tempo leva a cancelamento de provas

 

Lusa/AO online   Outras modalidades   14 de Ago de 2008, 10:59

Relâmpagos e trovoada incessantes na zona de Shunyi, arredores de Pequim, estiveram na base da anulação da jornada do remo, impedindo assim a participação do double scull ligeiro Nuno Mendes/Pedro Fraga nas meias-finais.
    “O problema não foi a chuva. Os barcos são feitos em fibra de carbono, material que atrai relâmpagos. Competir sob estas condições podia ser mortal para qualquer atleta”, justificou Carrascão Marques, presidente da federação portuguesa da modalidade.

    Este tipo de situações são frequentes em competições ao ar livre como o remo e canoagem, pelo que o Comité Olímpico Internacional já tem previsto no programa um dia de reserva.

    “Por isso mesmo sexta-feira é um dia de folga. Serve para descanso ou para compensar imprevistos como estes. Não quiseram arriscar”, contaram os atletas.

    O programa de hoje vai ser repetido na integra na sexta-feira, pelo que Nuno Mendes e Pedro Fraga disputam o acesso à final às 16:00 (09:00 em Lisboa).

    O cancelamento definitivo surgiu depois de vários reuniões dos chefes de equipa, nas quais, apesar da chuva, se chegou a equacionar a realização do programa completo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.