Açoriano Oriental
Marinha já resgatou 66 pessoas e realizou 137 ações de busca e salvamento este ano

66 vidas já foram salvas este ano pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada

Marinha já resgatou 66 pessoas e realizou 137 ações de busca e salvamento este ano

Autor: Paulo Faustino

A Marinha Portuguesa, na área de responsabilidade do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (MRCC) de Ponta Delgada, já coordenou 137 ações de busca e salvamento ao longo deste ano (até ao passado mês de novembro), tendo resgatado 66 pessoas.

Os dados foram avançados pela Marinha, segundo a qual os três Centros de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo - de Lisboa, de Ponta Delgada e do Subcentro do Funchal - realizaram, durante o passado mês de novembro, 36 ações de busca e salvamento marítimo, das quais resultaram o salvamento de 12 pessoas.

Se a análise for feita na lógica de ano, então no decorrer de 2023 foram realizadas 391 ações de busca e salvamento marítimo, das quais resultaram um total de 388 vidas salvas.
De acordo com a mesma fonte, até ao final do mês passado, foram registados 232 incidentes em que foram salvas 300 pessoas na área correspondente ao Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa.

Já no Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo do Funchal foram coordenadas 22 ações de busca e salvamento, tendo sido salvas 22 pessoas.

A Marinha faz notar que, para o sucesso do sistema de busca e salvamento, contribuem diferentes organizações e são empenhados meios de diversas entidades. 

Nomeadamente, da própria Marinha, da Autoridade Marítima Nacional, da Força Aérea Portuguesa e de outras entidades pertencentes à Estrutura Auxiliar do Sistema Nacional de Busca e Salvamento, em especial o Instituto Nacional de Emergência Médica – Centro de Orientação de Doentes Urgentes no mar (INEM CODU-MAR), os Serviços Nacionais e Regionais de Proteção Civil e Bombeiros, as Administrações Marítimas e Portuárias, entre outros organismos.

De realçar também o apoio prestado pelos navios mercantes e embarcações de pesca nas ações de busca e salvamento, que se desviam das suas rotas comerciais para prestarem o auxílio necessário, conforme a coordenação dos Centros Nacionais - MRCC Lisboa e MRCC Delgada.

Saliente-se que os Centros de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo foram já reconhecidos a nível nacional e internacional pelo trabalho desenvolvido. 


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados