Açoriano Oriental
Maria tornou-se novamente furacão e ameaça Carolina do Norte

O Centro Nacional de Furacões norte-americano indicou hoje que a tempestade tropical Maria recuperou força e se tornou novamente um furacão, encontrando-se agora junto à costa do estado da Carolina do Norte.

Maria tornou-se novamente furacão e ameaça Carolina do Norte

Autor: Lusa/AO online

Relatos de um avião de reconhecimento da Força Aérea referem que os ventos máximos sustentados do furacão Maria estão próximos dos 120 quilómetros por hora, com rajadas mais fortes.

O centro do Maria está a cerca de 265 quilómetros do Cabo Hatteras, e os ventos de força ciclónica mantêm-se longe de terra, estendendo-se num raio de 165 quilómetros.

Mas os ventos de força tropical estendem-se até 370 quilómetros do olho do furacão, cobrindo a água de ambos os lados das estreitas ilhas de Hatteras e Ocracoke.

A velocidade a que o Maria avança é de apenas nove quilómetros por hora, pelo que está a levar algum tempo a virar para norte, para longe da costa atlântica dos Estados Unidos.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.