Saúde

Maioria dos hospitais EPE com resultados líquidos negativos


 

Lusa / AO online   Economia   7 de Nov de 2008, 17:59

A maioria dos Hospitais Entidades Públicas Empresariais (EPE) continua a apresentar resultados líquidos negativos e as 34 instituições registaram nos primeiros oito meses do ano um prejuízo de 112,3 milhões de euros, segundo dados oficiais.
Segundo a análise do desempenho económico/financeiro dos hospitais EPE nos primeiros oito meses do ano - hoje apresentada pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos -, estas 34 instituições obtiveram uma "melhoria dos resultados líquidos na ordem dos 60 milhões de euros".

    Isto traduz-se numa redução de 34,8 por cento dos prejuízos registados, adiantou o governante.

    Ainda assim, o resultado liquido global dos 34 hospitais EPE foi de 112,3 milhões de euros negativos, contra os 172,3 milhões de euros negativos registados no mesmo período do ano passado.

    Apenas 11 instituições apresentaram um resultado líquido positivo. No ano passado foram sete as instituições com semelhante desempenho, o que representa um aumento de quatro hospitais EPE com resultado líquido positivo.

    Os dados apresentados por Francisco Ramos indicam que neste período foram realizadas 1.346.786 primeiras consultas nestes hospitais EPE e 314.368 intervenções cirúrgicas.

    O número de urgências baixou 1,5 por cento, totalizando 2.932.246, enquanto as cirurgias de ambulatório aumentaram 34,5 por cento, num total de 98.312 intervenções, segundo os mesmos dados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.