Madalena é finalista dos Prémios Município do Ano

Madalena é finalista dos Prémios Município do Ano

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   23 de Out de 2019, 16:10

A Câmara Municipal da Madalena é finalista dos Prémios Município do Ano, organizados pela Plataforma UM-Cidades, da Universidade do Minho, com o intuito de premiar as melhores iniciativas autárquicas de todo o país.

O projeto “Programa de Fixação de Jovens” destacou-se entre as 51 candidaturas submetidas, refere nota de imprensa. Trata-se de um projeto que visa a fixação de jovens, através de uma abordagem multidimensional, trabalhando sobre dois eixos, por um lado, a capacidade de reforçar a presença dos jovens (fixação e atração), articulando fatores de desenvolvimento; por outro incentivar o regresso à terra natal, após a conclusão dos estudos universitários, assumindo o crescimento do concelho como uma prioridade.


Do plano de ação da autarquia destacam-se medidas como o incentivo à natalidade, a venda de lotes de habitação, com condições especiais para os jovens, a atribuição de bolsas de estudo aos universitários, o cartão de famílias numerosas e múltiplos programas de conciliação da vida profissional e familiar, nomeadamente a Ludoteca Municipal, a funcionar em horário pós-escolar, a Bebeteca, bem como o MadalenAventura e o Férias em Movimento, que visam fomentar a ocupação de tempos livre dos jovens durante as pausas letivas, com mil e uma atividades lúdico-pedagógicas.


Ciente de que a captação de jovens passa pelo aumento da atratividade do território e da coesão social, a Câmara Municipal  tem ainda promovido diversas obras e iniciativas, que têm como objetivo o incremento da qualidade de vida de toda a população e o crescimento económico do concelho, atraindo jovens, visitantes e empresários a se fixar e investir no município.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.