Açoriano Oriental
Eleições
Luís Montenegro diz estar tranquilo e otimista

O líder do PSD, Luís Montenegro, disse hoje que está muito tranquilo e otimista, relativamente ao resultado das eleições legislativas, afirmando que todos os elementos relevantes para a ponderação dos portugueses estão em cima da mesa.

Luís Montenegro diz estar tranquilo e otimista

Autor: Lusa /AO Online

“Estou muito tranquilo e faço votos para que todo o processo decorra com normalidade, com muita participação. Hoje é um dia que deve ser marcado pela alegria, pela esperança, pelo futuro. É isso que se espera que a vontade popular possa expressar e a partir de amanhã nascerá esse futuro”, disse Luís Montenegro.

Acompanhado pela mulher, o líder do PSD e da coligação Aliança Democrática (AD) votou hoje, pelas 11:10, na Escola Primária n.º 2 em Espinho, no distrito de Aveiro, onde reside.

Em declarações aos jornalistas, após ter exercido o seu direito de voto, Montenegro disse estar preparado para uma mudança de vida a partir de amanhã [segunda-feira]. “Estou muito tranquilo e otimista, mas com o respeito pela manifestação que cada um vai expressar quando vier a uma cabine parecida como esta”, referiu.

Montenegro disse ainda ter expectativa de que haja uma participação elevada no ato eleitoral, apesar de o tempo não estar a ajudar, mostrando-se convicto que qualquer que seja a temperatura e o clima, "isso não vai esmorecer a vontade dos portugueses em poder decidir aquilo que é o seu futuro”.

O candidato disse ter feito um esforço para que a campanha fosse esclarecedora, afirmando que “todos os elementos que são relevantes para a ponderação dos portugueses estão em cima da mesa”.

“Cada um agora fará a sua análise e tomará a sua decisão e nós aguardamos com toda a tranquilidade essa decisão”, concluiu.

Montenegro disse ainda que vai passar o dia com a família, almoçará em Espinho e da parte da tarde segue para Lisboa onde vai acompanhar a noite eleitoral.

As mesas de voto estarão abertas até às 19:00 em Portugal Continental e na Madeira, enquanto nos Açores abrem e fecham uma hora mais tarde em relação à hora de Lisboa, devido à diferença horária.

Concorrem a estas legislativas antecipadas 18 forças políticas, menos três do que nas eleições de 2019 e 2022.

Nas legislativas anteriores, em 30 de janeiro de 2022, a taxa de abstenção situou-se nos 48,54%, tendo-se verificado uma descida em relação às legislativas de 2019, nas quais a taxa de abstenção atingiu o número recorde de 51,43%.

 


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados