Próximo Benfica-Sporting

Liedson é o "terror" dos "encarnados"


 

Lusa/AO   Futebol   28 de Set de 2007, 07:46

O avançado brasileiro Liedson, melhor marcador do último campeonato e do de 2004/2005, tem sido um verdadeiro “terror” para o Benfica, clube ao qual marcou seis golos em sete jogos para a Liga portuguesa de futebol.
Depois de ter ficado em “branco” na sua época de estreia em Portugal (2003/2004), o “levezinho” marcou dois golos em 2004/2005 (“bisou” em Alvalade), três em 2005/2006 (um em casa e dois na Luz) e um na época passada (em reduto alheio).

    Em vésperas de defrontar o Benfica pela oitava vez, sábado, na Luz, Liedson totaliza seis golos frente ao conjunto da Luz, em sete jogos, já que, nos quatro anos de presença em solo luso, só falhou... o jogo que decidiu o título de 2004/2005 e representa a única vitória caseira do Benfica (1-0) nos últimos seis anos.

    A 14 de Maio de 2005, na Luz, a formação liderada pelo italiano Giovanni Trapattoni venceu com um tento do central brasileiro Luisão, arrancando para um título que lhe fugia desde

    1993/94, num jogo marcado precisamente pela ausência de Liedson.

    No embate que antecedeu o “derby”, o brasileiro viu de forma completamente despropositada (alguns até viram no gesto uma intencionalidade... inexplicável) um amarelo face ao Vitória de

    Guimarães, ao pontapear uma bola que já havia transposto a linha final, afastando-se do jogo que viria a decidir o ceptro.

    Com Liedson na equipa, o Sporting poderia ter “escrito” outra história, cenário que não é difícil de imaginar, tendo em conta os estragos que o avançado brasileiro tem feito aos “encarnados” nas últimas três temporadas (marcou seis dos oitos golos “leoninos”).

    Em 2004/2005, em Alvalade, num jogo em que não deveria ter participado (também viu um amarelo na ronda anterior, acabando por alinhar devido a uma “manigância” do Sporting, que, para “limpar” o “levezinho”, antecipou um jogo da Taça), Liedson foi decisivo, ao apontar os dois tentos “leoninos”, a 08 de Janeiro de 2005 (2-1).

    Depois, o brasileiro falhou o jogo do título, mas, vingou-se em 2005/2006: marcou o tento da vitória em Alvalade (2-1, a 10 de Setembro) e “bisou” na Luz (passou o resultado de 1-1 para 3-1, a 28 de Janeiro de 2006, depois de já ter provocado a grande penalidade - concretizada por Sá Pinto - que esteve na origem da igualdade).

    Na época passada, e depois de três jogos consecutivos a marcar, Liedson ficou a zero em Alvalade, onde o Benfica venceu por 2-0, com tentos de Ricardo Rocha e Simão, mas marcou na Luz, logo aos dois minutos, num embate que terminou empatado (1-1).

    Assim, e apesar ter ficado em “branco” nos “derbies” que disputou na sua época de estreia em Portugal (2003/2004), Liedson soma já seis tentos frente aos “encarnados”, algo que pode funcionar como uma motivação extra para sábado voltar a “facturar”.

    Na presente temporada, Liedson tem estado em destaque, somando já três golos no campeonato, precisamente nos três encontros ganhos pelo Sporting: marcou um frente à Académica (4-1), outro na recepção ao Belenenses (1-0) e também fez o “gosto ao pé” na Reboleira (2-0).

    Pelo contrário, quando o brasileiro não marcou os “leões” falharam o triunfo, o que aconteceu no Estádio do Dragão, face ao FC Porto (0-1), e na última ronda, frente ao Vitória de Setúbal (2-2 - marcaram João Moutinho, de grande penalidade, e Purovic).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.