Liga de Honra

Leiria e Santa Clara empatam a uma bola

Leiria e Santa Clara empatam a uma bola

 

Arthur Melo   Futebol   21 de Set de 2008, 12:40

União de Leiria e Santa Clara empataram a uma bola em jogo da terceira jornada da Liga de Honra, disputada esta manhã no Estádio Municipal dr. Magalhães Pessoa, em Leiria
Para a equipa leiriense este foi o primeiro ponto que somou no campeonato, num mau início de temporada da equipa que na última temporada desceu do principal escalão do futebol português, enquanto que os encarnados de Ponta Delgada voltaram a pontuar fora de portas, somando agora cinco pontos na classificação.

Globalmente, a equipa da casa dominou, teve mais posse de bola e fez mais ataques mas as melhores ocasiões de golo pertenceram aos açorianos.

Aliás, no final, ambos os treinadores foram unânimes na avaliação que fizeram da partida, com Paulo Alves a admitir que o Santa Clara teve as melhores oportunidades de golo, ao passo que Vítor Pereira admitiu que o adversário dominou mais mas sublinhou a importância do ponto conquistado fora de portas – o segundo, depois da igualdade conseguida em Aveiro na partida da ronda inaugural.

O primeiro golo do desafio aconteceu aos 15 minutos, na transformação de uma grande penalidade convertida pelo ex-pacense Luiz Carlos. Lucílio Batista considerou falta de Danilo sobre Pedro Cervantes na área encarnada, num lance que deixa algumas dúvidas. Chamado a converter, o defesa central leiriense não desperdiçou a oportunidade.

Não se intimidou a formação do Santa Clara que aos poucos foi equilibrando e se aproximando da baliza de Fernando. O primeiro aviso surgiu aos 27 minutos mas o remate de Neto foi desviado para canto por Luiz Carlos. No último minuto dos primeiros 45, faltaram forças no remate a Rincón, com o lance a perder-se nas mãos do guarda-redes Fernando.

No regresso do descanso, e já com Outtara no lugar do inexistente Maciel, o Leiria sofreu o empate, num lance de contra-ataque. Nuno Santos recebeu nas costas um passe longo de um companheiro e na cara de Fernando desviou o esférico do alcance do guarda-redes leiriense.

O empate aos 49 minutos era o culminar de uma entrada fulgurante do Santa Clara que viu de imediato a reacção do Leiria. Todavia, as tentativas dos locais quase nunca levaram perigo à baliza de João Botelho, sendo que o único lance de registo foi um remate de Pedro Cervantes aos 57 minutos que saiu muito por cima.

Dominando, o Leiria não criava ocasiões de golo, ao passo que o Santa Clara, em contra-ataque, ameaçava chegar a novo golo. Aos 74, Neto não teve frescura física para servir em boa posição Rincón e, três minutos volvidos, o recém entrado Lico, em jogada individual pela direita, testou a atenção de Fernando com um forte remate cruzado.

Já sobre a hora, Achraf ainda tentou o golo leiriense mas o cabeceamento saiu ao lado, terminando logo depois o encontro que poderá ter ficado marcado – negativamente – pela grande penalidade assinalada por Lucílio Batista.

No próximo domingo, dia 28 de Setembro, em jogo da quarta jornada, o Santa Clara recebe no Estádio de São Miguel, pelas 10h15, o Portimonense, jogo que terá transmissão directa na Sport TV1.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.