Açoriano Oriental
LC: PSP sem registo de incidentes até ao arranque da final

As horas antes da final da Liga dos Campeões de futebol entre Paris Saint-Germain e Bayern Munique, em Lisboa, passaram-se sem registo de incidentes, apesar da maior presença de adeptos, informou este domingo a Polícia de Segurança Pública (PSP).

LC: PSP sem registo de incidentes até ao arranque da final

Autor: AO Online/ Lusa

Em declarações à agência Lusa minutos antes do início da partida no Estádio da Luz, agendada para as 20:00, o comissário Artur Serafim realçou o “balanço muito positivo” da operação montada para a final, quer nas imediações do recinto, quer na zona do Parque das Nações – onde está instalada a comitiva parisiense – e na Baixa de Lisboa, onde se prevê concentração de adeptos.

“Cerca de 300 pessoas encontravam-se aqui e estiveram sempre ordeiras e calmas no apoio às equipas”, afirmou, acrescentando: “Foi o dia em que houve maior presença de adeptos aqui junto ao Estádio da Luz. Foi muito tranquilo, não houve nada a registar. Estamos também em toda a zona de Lisboa, onde não há registo de incidentes. Estamos atentos e vigilantes.”

Questionado sobre a concentração de adeptos dos dois clubes, em que muitos não usavam máscara de proteção individual e o distanciamento social foi várias vezes esquecido, Artur Serafim assumiu as dificuldades para as autoridades conseguirem manter o cumprimento das normas de prevenção estabelecidas para o combate à pandemia de covid-19.

“Não fizemos dispersão de adeptos. Tentamos que não façam ajuntamentos superiores a 10 pessoas, mas é um pouco impossível nestas situações. Tentámos ao máximo manter o cumprimento das normas da Direção-Geral da Saúde, mas estamos a falar também de adeptos de equipas estrangeiras e o contacto não é feito da forma mais ideal para o cumprimento dessas normas, mas houve respeito e muitas delas mantêm o uso da máscara”, frisou.

Em Paris, o apuramento do PSG para a final da competição deu azo a festejos de milhares de adeptos que acabaram por derivar em cenas de confrontos com as autoridades. Sobre uma possível repetição de cenas similares em Lisboa num eventual triunfo do clube gaulês esta noite, o comissário da PSP descartou esse cenário.

“Temos estado a acompanhar as notícias e tem havido uma troca de informações entre a PSP e as polícias francesa e alemã. Não esperamos que haja esse tipo de desacatos, até porque temos poucas pessoas de origem dos seus países. Os que estão cá vão cumprir de certeza as regras que estão estabelecidas e as indicações da PSP”, sentenciou.

O PSG estreia-se nesta fase da competição e procura o seu primeiro título europeu, enquanto o Bayern Munique ambiciona o sexto troféu na sua 11.ª final, num jogo que conta com a arbitragem do juiz italiano Daniele Orsato.

 


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.