Lançada segunda edição de “Um Perigoso Leitor de Jornais”

Lançada segunda edição de “Um Perigoso Leitor de Jornais”

 

Susete Rodrigues/AO Online   Cultura e Social   26 de Out de 2018, 09:24

É lançado no mercado, esta sexta-feira, a segunda edição de “Um Perigoso Leitor de Jornais”, romance do escritor Carlos Tomé que relata a prisão, em 1938, de um grupo de trinta micaelenses acusados pelo regime de Salazar de atividades subversivas.

A primeira edição, aconteceu em maio de 2017, encontra-se esgotada, o que levou a editora Artes e Letras a promover esta nova edição e, com isso, a corresponder à procura que a obra tem tido, refere nota de imprensa.


Depois do livro de contos “A Noite dos Prodígios e outras histórias”, em 2002, e do romance “Morreremos Amanhã”, em 2006, Carlos Tomé prepara o lançamento de uma novela para o primeiro trimestre de 2019.


De novo à venda na Livraria Solmar, o romance de Carlos Tomé, apesar de ter sido publicado há já mais de um ano, continua a ser, como disse o crítico literário Vamberto Freitas, “uma das melhores surpresas da literatura portuguesa de tempos recentes”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.