Lançada campanha por uma nova lei de protecção dos animais


 

Lusa/AO Online   Nacional   16 de Set de 2010, 18:36

A Associação Animal anunciou esta quinta-feira que vai recolher assinaturas a partir de sexta-feira em todo o país para que o projecto lei sobre a protecção aos animais seja aprovado pelo Parlamento.
O projecto lei redigido pela Animal estabelece as “responsabilidades e deveres do Estado relativamente à protecção dos animais, a criminalização dos maus tratos a animais, a alteração do estatuto jurídico destes, a proibição do uso de animais em circos e a proibição das touradas”.

Para que o projecto lei chegue à Assembleia da República são necessárias 35 mil assinaturas.

“A Lei de Protecção dos Animais vigente data de 1995, e, embora tenha sido resultado de uma luta meritória por parte do seu autor é claramente fraca”, diz a presidente da Animal, Rita Silva.

“Quanto ao pedido de proibição das touradas, que será, eventualmente, o mais difícil de gerir em sede de Parlamento, cremos que já é tempo de acabar com a vergonha que estas são e a forma como representam Portugal lá fora. Se na Catalunha foi possível, é possível em todo o lado. É o que os portugueses querem, e a voz do povo é soberana”, acrescenta.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.