Açoriano Oriental
Juros da dívida portuguesa caem a dois anos e sobem a cinco e a 10 anos

Os juros da dívida portuguesa estavam a descer a dois anos e a subir a cinco e a 10 anos em relação a quarta-feira, alinhados com os da Irlanda.

Juros da dívida portuguesa caem a dois anos e sobem a cinco e a 10 anos

Autor: Lusa/AO Online

Cerca das 08h30 em Lisboa, os juros a 10 anos avançavam para 0,632%, contra 0,625% na quarta-feira, depois de terem subido até 1,441% em 18 de março, um máximo desde março de 2019, e descido até ao atual mínimo de sempre, de 0,065%, em 15 de agosto de 2019.

No prazo de cinco anos, os juros também estavam a subir, para 0,079%, contra 0,077% na quarta-feira, 0,916% em 18 de março, um máximo desde junho de 2018, e o mínimo de sempre, de -0,374%, em 26 de agosto.

Os juros a cinco anos, que estiveram em terreno negativo entre 28 de maio de 2019 e 14 de janeiro e entre 23 de janeiro e 06 de março, voltaram para terreno positivo em 09 de março.

Em sentido inverso, os juros a dois anos desciam, para -0,404%, contra -0,400% na quarta-feira, 0,258% em 18 de março, um máximo desde pelo menos junho de 2018, e o atual mínimo de sempre, de -0,684%, em 04 de setembro.

Os juros de Itália subiam em todos os prazos, enquanto os de Espanha desciam a dois anos e mantinham-se a cinco e 10 anos.

Os juros da Grécia recuavam a cinco e a 10 anos.



 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.