Açoriano Oriental
JPP defende discriminação positiva para universidades insulares

Representantes do JPP, que se reuniram com Susana Mira Leal, defenderam uma discriminação positiva para as universidades dos Açores e da Madeira


JPP defende discriminação positiva para universidades insulares

Autor: Ana Carvalho Melo

O Juntos pelo Povo (JPP) defende que as universidades insulares sejam alvo de discriminação positiva nas transferências da República.

Mário Rui Pacheco, cabeça de lista às eleições legislativas nacionais, e Carlos Furtado, coordenador regional do JPP, estiveram reunidos com Susana Mira Leal, reitora da Universidade dos Açores, tendo verificado que os deputados que têm representado as regiões autónomas dos Açores e da Madeira não têm cumprido com as suas obrigações enquanto representantes das regiões na Assembleia da República. 

Assim, em nota de imprensa, o JPP considera “extremamente injusto que as academias insulares não sejam alvo de discriminação positiva nas transferências da República”, realçando que “manter estas universidades é incomparavelmente mais difícil do que no restante território nacional”.  Acrescentam ainda que as principais dificuldades se materializam no facto de nos Açores existirem três polos universitários, falta de residências universitárias, não haver economia de escala, porque existem poucos alunos, e também os custos de deslocação dos alunos dificultam a atratividade desta academia. Assim, o partido refere que “lamenta a falta de capacidade de exposição destes importantes argumentos por parte dos deputados que têm representado os Açores, o que mostra o quanto mal representada tem estado a Região na Assembleia da República por parte de PS e PSD”.

“Para o JPP, é fundamental sensibilizar o Governo Central para uma melhor dotação financeira da Universidade dos Açores, com a finalidade desta prosseguir o seu objeto social, de forma consolidada e adaptada às necessidades presentes e futuras”, conclui.

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados