Sábado, dia 5 de outubro

José Luís Peixoto apresenta 'Autobiografia' na livraria SolMar


 

Susete Rodrigues/AO Online   Cultura e Social   4 de Out de 2019, 17:00

José Luís Peixoto, um dos nomes mais reconhecidos da ficção portuguesa contemporânea, apresenta amanhã, dia 5 de outubro, às 17 horas, na Livraria SolMar, o seu mais recente romance 'Autobiografia', edição Quetzal.

A obra "ficcional e poética do autor figura em dezenas de antologias, traduzidas num vasto número de idiomas, e é estudada em diversas universidades nacionais e estrangeiras", refere nota de imprensa..

Em 2001 foi-lhe atribuído o Prémio Literário José Saramago ao romance 'Nenhum Olhar'. Em 2007, 'Cemitério de Pianos' recebeu o Prémio Cálamo Otra Mirada.

Neste 'Autobiografia' o leitor pode viajar por uma Lisboa de finais dos anos noventa, onde um jovem escritor em crise vê o seu caminho cruzar-se com o de um grande escritor. Ousadia de transformar José Saramago em personagem e de chamar 'Autobiografia' a um romance é apenas o começo de uma surpreendente proposta narrativa "O silêncio, e novo estrondo, e outro, e outro, outro, e uma descarga violenta, ininterrupta. José correu para a janela e assistiu à queda gigante de livros do céu. Livros em toda a distância dos céus de Lisboa, de Portugal inteiro talvez, não se abriam no ar, caiam em linha reta, sem restolhar de páginas, sem espalhafato, e batiam de chapa no chão, estrondos que punham em sentido, que se sobrepunham a todos os outros ruídos, espécie inédita de cataclismo. José olhou mais de perto, com detalhe, estavam a chover livros de Saramago".

José Luís Peixoto explora novos temas e cenários e, ao mesmo tempo, aprofunda obsessões, numa obra marcante, uma referência futura.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.