Japão protesta de piada que associa guarda-redes a Fukushima


 

Lusa/AO online   Internacional   16 de Out de 2012, 12:34

O Japão apresentou um protesto contra o apresentador de televisão francês Laurent Ruquier, depois de este ter divulgado uma imagem do guarda-redes da seleção de futebol nipónica com quatro braços e dizer que era um

Hoje, o porta-voz do Governo nipónico, Osamu Fujimura, indicou que a embaixada do Japão em Paris tinha endereçado uma carta de protesto à cadeia de televisão pública France2 pelo sucedido.

Na sexta-feira, o Japão venceu a França por 1-0, em jogo particular, muito por causa da exibição do guarda–redes Eiji Kawashima, que defendeu todos os remates franceses.

Entretanto, num programa televisivo, Laurent Ruquier colocou no ecrã uma fotomontagem mostrando Kawashima com quatro braços, enquanto explicava que se tratava do “efeito de Fukushima”, nome da central nuclear onde ocorreu um acidente, em março de 2011, após o sismo e o tsunami que devastou o nordeste do Japão.

“Foi totalmente desadequado” e “colide com o sentimento dos sobreviventes”, declarou Fujimura.

Oficialmente, nenhuma pessoa morreu diretamente em consequência do acidente nuclear ou das radiações libertadas da central de Fukushima Daiichi.

A catástrofe, a mais grave do setor nuclear depois de Chernobyl, levou à evacuação de dezenas de milhar de pessoas e à interdição de certas zonas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.