Jantar de angariação de fundos para a Ermida de Santa Bárbara

Jantar de angariação de fundos para a Ermida de Santa Bárbara

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   14 de Nov de 2018, 15:00

A Paróquia da Mãe de Deus está a organizar um Jantar de angariação de fundos para a Ermida de Santa Bárbara, que irá decorrer, no próximo dia 24 de novembro, pelas 19h30, na sede dos Escuteiros da vila da Povoação.

A autarquia da Povoação recorda em nota de imprensa, que Ermida de Santa Bárbara foi reaberta ao culto no passado dia 1 de novembro, depois de ter sofrido profundas obras de recuperação, sublinhando que "apesar de ter sido um projeto candidatado aos fundos do programa comunitário PRORURAL +, essenciais para a sua recuperação, a paróquia da Povoação tem ainda uma considerável soma de despesa a seu cargo relativa às melhorias que decorreram naquele espaço. Daí ser tão necessária a solidariedade dos fiéis para esta angariação de fundos".


Depois de muitos anos em degradação, em 2011 foi criado um “Movimento para a Recuperação de Ermida de Santa Bárbara”, uma mobilização constituída pela sociedade civil povoacense, com o objetivo de sensibilizar, salvaguardar e contribuir para a recuperação do representante do mais antigo templo construído nesta ilha, recorda ainda.


Em 2015 passou a ingressar esta mobilização o Pároco João da Ponte, bem como outros elementos que vieram dar um novo impulso ao projeto de recuperação da Ermida.


Em 2016 a Paróquia candidatou-se ao programa comunitário PRORURAL +, cuja candidatura foi aprovada a 25 de janeiro de 2017 pela Autoridade de Gestão do Governo Regional dos Açores. As obras de recuperação da Ermida de Santa Bárbara custaram, na sua totalidade, 93. 138,81 euros, sendo que 74 mil euros foram provenientes do referido fundo e os restantes 19 mil estão a ser angariados pela paróquia, que também tem contado com a colaboração de várias entidades do concelho, nomeadamente da Câmara Municipal da Povoação.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.