Investidor francês, vítima do escândalo Madoff, suicida-se em Nova Iorque

Investidor francês, vítima do escândalo Madoff, suicida-se em Nova Iorque

 

Lusa/AO Online   Internacional   23 de Dez de 2008, 16:38

O investidor francês Thierry de la Villehuchet, co-fundador do fundo Access Internacional, suicidou-se hoje, em Nova Iorque, depois de ter perdido dinheiro dos seus clientes no escândalo financeiro Madoff, avançou o jornal francês La Tribune.

   Thierry de la Villehuchet, 65 anos, que instituiu a Access Internacional com Patrick Littaye, não resistiu à pressão que se seguiu à descoberta do escândalo envolvendo o gestor de fundos nova-iorquino e ex-presidente do conselho de administração do Nasdaq Bernard Madoff, suspeito de uma megafraude de 50 mil milhões de dólares.

    "Durante a última semana procurou maneiras para recuperar o dinheiro dos seus clientes", explicou um familiar do investidor, em declarações ao jornal, acrescentando que "foi a despedida de alguém que não podia ser censurada por nada" porque "tentou todos os passos necessários dentro do seu alcance".

    A sociedade de investimento do famoso corretor de Wall Street conseguiu convencer "a aristocracia financeira mundial" a investir no seu negócio.

    Entre os clientes do Bernard L. Madoff Investment Securities LLC, encontravam-se grandes bancos internacionais, os mais discretos "bancos privados" e os confidenciais "serviços familiares", empresas encarregues de gerir o património de uma só família abastada.

   

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.