Instituto Rainha Sofia de Nova Iorque distinguiu Banderas e Hillary Clinton

Instituto Rainha Sofia de Nova Iorque distinguiu Banderas e Hillary Clinton

 

Lusa/AO online   Internacional   20 de Nov de 2013, 10:26

A rainha Sofia entregou na noite de terça-feira em Nova Iorque a medalha de ouro do instituto que tem o seu nome ao ator Antonio Banderas e à ex-secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton.

A distinção foi feita pela contribuição de ambos para as relações entre os Estados Unidos e os países hispânicos.

A cerimónia teve lugar no hotel Waldorf Astoria de Nova Iorque e teve como anfitrião o estilista Óscar de la Renta, diretor do Instituto Rainha Sofia de Nova Iorque, e as medalhas foram entregues pelo ator Michael Douglas e pelo Nobel da Paz e ex-secretário de Estado norte-americano Henry Kissinger.

A rainha Sofia afirmou, aquando da entrega da medalha a Banderas, que o ator é um “firme defensor dos interesses” de Espanha, muito especialmente do “estreitamento das relações entre os Estados Unidos e Espanha”.

“Estou a receber esta honra que aceito porque sou parte de uma geração de espanhóis que, com a chegada da democracia, tivemos uma plataforma e um espaço nos quais era possível libertar-nos. A rainha Sofia foi uma forte e entusiasta defensora dessa liberdade universal e artística”, disse Banderas, considerado este ano como embaixador da marca Espanha.

O Instituto Rainha Sofia, fundado em 1954, dedica-se à promoção da cultura dos países hispânicos nos Estados Unidos, através de diversos programas, nomeadamente do ensino do espanhol ou cursos especializados de ciência, direito ou negócios.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.